Páginas

7 de setembro de 2008

Um dia a mais
ou a menos,
pra gente tanto faz.
Só queria ter ouvido sua canção
sobre o samba do amor demais
.

8 comentários:

MeaCulpa disse...

tava com saudade das palavras
bom saber q você voltou

=*

Sr.Werneck disse...

eeeeh...
concordo com dani

Tiago Júlio disse...

A última frase do texto abaixo: (quase) perfeita.

Danilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danilo disse...

Nossa que coincidência ler esses versos, baixei uns três albuns do vinicius esses dias e é a minha trilha sonora da semana.

O poema é muito bonito, como um acalanto!

^^

Parabéns!

Danilo disse...

Te encontrei no orkut de franklin josé, achei o link e me identifiquei com seus textos. Sabe quando a gente encontra a palavra certa? Encontrei algumas delas nesse seu cantinho e estava precisando delas =D

O Nuno é um poeta contempoâneo e nunca vi uma obra dele pra vender, leio os poemas pela internet mesmo. Um dos que mais gosto é esse:

Distância

Entro no teu quarto, como se
entrasse no mar. Um temporal de perguntas
enrola os teus cabelos. Lanças-te
contra as ondas de um sonho antigo,
e abres a porta da varanda
para te sentares à cadeira
do oriente, apanhando o vento
da tarde. «Não te levantes, digo,
e deixa que os teus olhos se libertem
de sombra, depois de uma noite
de amor, para me abrigarem
da luz estéril da madrugada.» Mudas
de posição, como se me tivesses
ouvido; e o teu corpo enche-se
de palavras, como se fosses
a taça da estrofe.


O que achou?

Um beijo!

Danilo disse...

Ah sentindo falta de atualizações por aqui ^^

Danilo disse...

uhum, sei bem como é. espero que esse belo dia não demore a chegar =]

na verdade acho que os gestos são sempre mais importantes que as palavras. A gente só usa as palavras pra suprir a necessidade de gestos, ou para inventar um gesto qualquer.

Gostei dos sites sobre cinema no teu blog, baixei elogio do amor de goddard e escreví um texto sobre ele.

Ah,estou enchendo tua página de comentários com minhas coisas, desculpa!

Um xero