Páginas

27 de abril de 2009

Dança

E o que não é a vida senão as várias oportunidades de risco?
Viver sem paciência
Sentir sem pensar

(multifacetados que somos)


............

Dominar a linguagem do corpo e compreender sua própria natureza. Sentir-se íntimo as melodias de instantes. Uma dança mal-feita, amadora, rítimica... Nós dois, cada vez mais harmoniosos, um movimento e dois corpos. Mas há a dança da solidão quando não se está, ser sozinho somente para você é querer para si todas as dores.

Substanticvo singular.
E então se morre triste,

Prefiro um único movimento,
o último,
sem pensar.


05/03/2009

2 comentários:

Danilo disse...

"ser sozinho somente para você é querer para si todas as dores".

você e suas frases :)

continuio passando por aqui, só que nçao ando comentando muito.

Diego Ferreira disse...

A dor faz a arte. É um passo para o lado. Como dizia o bigode: é preciso caos para dar à luz uma estrela cintilante.